Concurso Alesp SP: Urgente ! Publicado edital para 118 vagas de até R$ 11,4 mil; saiba tudo

0
141

Foi publicado, no diário oficial legislativo de São Paulo, nesta sexta-feira, 25 de fevereiro, o edital do novo concurso Alesp SP (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo). A oferta é de 118 vagas, sendo 60 para o cargo de técnico legislativo, com exigência de ensino médio ou médio com formação técnica, 54 para analistas, com formação de nível superior em qualquer área ou áreas específicas, e 4 para auditor interno, com exigência de  nível superior em áreas específicas. No caso de técnico, a remuneração inicial é de R$ 6.970,17, considerando o salário de R$ 5.370,01 e a possibilidade de gratificação de representação de R$ 1.600,16. Para auditores e analistas, R$ 11.421,92, considerando salário de R$ 9.260,84 e possibilidade de gratificação de R$ 2.161,08, exceto para medicina e medicina do trabalho, que serão de R$ 9.948,52, incluindo salário e R$ 7.787,44 e a gratificação. As inscrições serão recebidas no período de 3 a 24 de março.

No caso de técnico, a distribuição de vagas é a seguinte:

  • técnico legislativo  – 46 (sendo duas para portadores de deficiência), apenas com exigência de ensino médio
  • técnico legislativo – especialidade edificações – 1 (com curso específico e registro no respectivo órgão de classe)
  • técnico legislativo – especialidade manutenção e conservação – 1 (curso técnico em elétrica ou eletrotécnica, com registro no órgão de classe)
  • técnico legislativo – especialidade telecomunicações – 1 (curso técnico em telecomunicações, com registro no órgão de classe)
  • técnico legislativo – especialidade fotografia – 2 (curso técnico em fotografia ou processos fotográficos, com registro no órgão de classe)
  • técnico legislativo – especialidade técnico em enfermagem – 2 (curso técnico em enfermagem e registro no órgão de classe)
  • técnico legislativo – especialidade em saúde bucal – 2 (curso técnico em saúde bucal e registro no órgão de classe)
  • técnico legislativo – especialidade áudio/painel – 5 , sendo 1 reservada para portadores de deficiência (curso técnico em eletrônica, com registro no órgão de classe)

Para os analistas, as oportunidades serão as seguintes:

  • analista legislativo – 24 vagas, sendo 1 para portadores de deficiência (formação em qualquer área)
  • analista legislativo – especialidade biblioteconomia – 1 ( com formação em biblioteconomia)
  • analista legislativo – especialidade história – 1 (com formação específica)
  • analista legislativo – especialidade designer gráfico – 1 (com formação específica)
  • analista legislativo – especialidade publicidade e propaganda – 1 (com formação específica)
  • analista legislativo – especialidade jornalismo – 3, sendo uma para portadores de deficiência (com formação específica)
  • analista legislativo – especialidade relações públicas  – 1 (com formação específica)
  •  analista legislativo – especialidade arquitetura – 1 (com formação específica)
  • analista legislativo – especialidade engenharia civil – 1 (com formação específica)
  • analista legislativo – especialidade engenharia elétrica – 1 ( com formação específica)
  • analista legislativo – especialidade negócios e processos – 1 (com formação em tecnologia da informação, ciências da computação, engenharia ou matemática)
  • analista legislativo – especialidade gestão de projetos de TI – 1 (com formação em tecnologia da informação, ciências da computação, engenharia ou matemática)
  • analista legislativo – especialidade administrador de banco de dados – 1 (com formação em tecnologia da informação, ciências da computação, engenharia ou matemática)
  • analista legislativo – especialidade de infraestrutura de TI  – 2 (com formação em tecnologia da informação, ciências da computação, engenharia ou matemática)
  • analista legislativo – especialidade suporte técnico – 2 (com formação em tecnologia da informação, ciências da computação, engenharia ou matemática)
  • analista legislativo – especialidade web designer – 1 (com formação em tecnologia da informação, ciências da computação, engenharia ou matemática)
  • analista legislativo – especialidade análise de desenvolvimento – 3, sendo uma para portadores de deficiência (com formação em tecnologia da informação, ciências da computação, engenharia ou matemática)
  • analista legislativo – especialidade enfermagem – 1 (com formação específica)
  • analista legislativo – especialidade medicina – 1 (com formação específica)
  • analista legislativo – especialidade medicina do trabalho – 1 (com formação específica)
  • analista legislativo – especialidade engenharia do trabalho – 1 (com formação específica)
  • analista legislativo – especialidade serviço social – 1 (com formação específica)
  • analista legislativo – especialidade finanças – 3 (com formação em ciências contábeis , economia ou administração)

No caso de auditor interno são 4 vagas para ampla concorrência. Neste caso, os interessados devem possuir formação nas seguintes áreas:

  • Ciências Jurídicas e Sociais,
  • Ciências Contábeis e Atuariais,
  • Ciências Econômicas ou
  • Ciências da Administração,

Concurso Alesp SP: saiba como se inscrever

As inscrições do concurso Alesp SP poderão ser feitas somente pela internet, na página eletrônica da banca organizadora, a Fundação Vunesp. No primeiro dia, o acesso será permitido a partir das 10 horas, enquanto no último, até às 23h59.

As taxas serão de R$ 62,40 para o cargo de técnico legislativo, R$ 64,20 para técnico na área de áudio/painel e R$ 79,80 para analistas e auditor. Quem deixar a inscrição para o último dia poderá efetuar o pagamento da taxa até o dia 25 de fevereiro.

Concurso Alesp SP: saiba como serão as provas

A aplicação das provas objetivas e discursivas do concurso Alesp SP está marcada para ocorrer em 1 de maio, no período da manhã para o cargo de técnico e no período da tarde para os analistas , com duração de 4h30

Para técnico, a prova objetiva contará com 60 questões, sendo 35 de conhecimentos gerais e 25 de conhecimentos específicos. Em conhecimentos gerais serão distribuídas da seguinte forma:

  • língua portuguesa – 10
  • raciocínio lógico – matemático – 9
  • noções de informática – 8
  • redação oficial – 8

Conhecimentos gerais contará com peso 1  e conhecimentos específicos, com peso 2

Para técnicos nas áreas técnicas serão 35 de de conhecimentos gerais e 25 de conhecimentos específicos. Conhecimentos gerais será distribuída da seguinte forma:

  • língua portuguesa – 10
  • raciocínio lógico matemático – 9
  • noções de informática – 8
  • noções de direito  – 8

Conhecimentos gerais contará com peso 1  e conhecimentos específicos, com peso 2

Para analistas na área geral serão 35 de conhecimentos gerais e 25 de conhecimentos específicos. Conhecimentos Gerais será distribuída da seguinte forma:

  • língua portuguesa – 12
  • raciocínio lógico-matemático -11
  • organização do poder legislativo – 12

Conhecimentos geris terá peso 1 e conhecimentos específicos , peso dois.

Para analistas na área específica serão 35 de conhecimentos gerais e 25 de conhecimentos específicos. Conhecimentos Gerais será distribuída da seguinte forma:

  • língua portuguesa – 10
  • raciocínio lógico matemático – 9
  • noções de direito – 8
  • organização do poder legislativo – 8

Conhecimentos geris terá peso 1 e conhecimentos específicos , peso dois.

Por fim, para auditor  sreão 35 de conhecimentos gerais e 25 de conhecimentos específicos. Conhecimentos gerais será da seguinte forma:

  • língua portuguesa – 7
  • administração pública – 7
  • direito constitucional  -7
  • direito administrativo – 7
  • direito financeiro –  7

Conhecimentos geris terá peso 1 e conhecimentos específicos , peso dois.

Para todos os cargos também será aplicada uma prova discursiva, composta de redação, que contará com um limite de 33 linhas.

Para o cargo de técnico na área de áudio /painel também haverá uma prova prática.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here