Concurso INSS: Órgão envia nova nota técnica ao Planejamento!

7
18469

Concurso INSS: Nova nota técnica é enviada ao Planejamento

O Instituto Nacional do Seguro Social  enviou novamente uma Nota Técnica nº 03 de 2018 ao Planejamento cobrando a autorização do novo certame e a convocação dos excedentes do concurso de 2015. Lembrando que o órgão já havia encaminhado uma nota técnica no final de 2017 cobrando os mesmos tópicos. O novo documento também apresenta atualização dos dados das distribuição das vagas com relação ao documento anterior e outras informações.

Agora, são solicitadas 10.468 vagas totais, somando a convocação dos excedentes do último concurso de 2015 e a solicitação de vagas para o novo concurso. Para o novo edital, são 7.888 vagas totais pedidas, sendo 3.984 para o cargo de técnico, 1.692 para analista e 2.212 para perito.

DÉFICIT DE SERVIDORES (Instalado e Risco)

Deficit Servidores INSS
Deficit Servidores INSS

Autorização Esperada – Cargo de Técnico do Seguro Social (Excedentes do último concurso + novas vagas para novo certame)

Total Geral de Autorização de Vagas Esperada – Todos os cargos (Considerando novo concurso + excedentes do último de 2015)

Total de vagas autorização INSS

INSS 2018 é solicitado e vira prioridade no MPOG!

Após o concurso INSS ter sido incluso na lista de prioridades no Ministério do Planejamento, na última sexta-feira, dia 13 de abril, o protocolo de pedido de vagas do Instituto Nacional do Seguro Social avança e está sendo analisado até o presente momento na Coordenação-Geral de Benefícios Previdenciários/SNAS/DBAP/SNAS/Ministério do Desenvolvimento Social. Confira!

Um novo concurso INSS é uma necessidade e isso não é novidade. Na última quarta-feira, 4 de abril, a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps), realizou uma reunião na Secretaria de Gestão de Pessoas do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestãopara cobrar soluções sobre os assuntos pendentes do Instituto Nacional do Seguro Social. Dentre as pautas, a cobrança de um novo concurso e o reajuste salarial foram de grande importância.

Sobre o concurso público para o INSS, os representantes da Fenasps reafirmaram a extrema urgência de um novo edital frente ao alarde generalizado que se encontram os postos de trabalho e o atendimento à população. Afirmou, ainda, a necessidade para que fossem empossados os excedentes do concurso INSS de 2015. A resposta do planejamento com relação a solicitação das mais de 7 mil vagas para o novo certame é de que seria encaminhado para a LISTA DE PRIORIDADES DE 2018. Portanto, podemos esperar, em breve, novos avanços com relação a nova seleção.

O edital do INSS teve novamente, na última segunda-feira, 23/01, um avanço no Ministério do Planejamento quanto as convocações do certame anterior (2015/2016) e sobre o pedido da nova seleção.

O avanço no MPOG ocorreu depois da informação, pelo presidente do órgão, Francisco Lopes, que reiterou ao Ministério do Planejamento a necessidade para um novo edital e reforço para chamar os excedentes do último concurso.

De acordo com os protocolos, a solicitação chegou ao gabinete do secretário de Gestão de Pessoas da pasta, Augusto Akira Chiba, na segunda-feira, dia 08/01. Sendo assim, o pedido está em andamento e com fortes expectativas.

Protocolo: convocações

Protocolo: novo concurso

Um novo Concurso INSS será lançado em 2018. O órgão enviou um pedido para o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, solicitando 16.548 vagas das quais 7.580 são novo certame e o restante para excedentes.

>> CURSO INSS GRATUITO <<

Adquira nosso Curso GRATUITO para INSS. São duas videoaulas de cada módulo. Todas as matérias acompanham material em PDF.

VAGAS

Das 16.548 vagas solicitadas:

  • 2.114 foram para o cargo de Técnico do Seguro Social (acréscimo de concurso vigente, regulamentado pelo Edital de 2015 – válido até 05/08/2018);
  • 530 para Analista do Seguro Social com formação em Serviço Social (acréscimo de concurso vigente, regulamentado pelo Edital de 2015 – válido até 05/08/2018);
  • Técnico do Seguro Social (área fim) – Autorização para a realização de novo concurso público ou autorização excepcional de homologação suplementar dos candidatos aprovados no concurso público regido pelo edital de 2015;
  • 3.941 vagas para Técnico do Seguro Social (área meio) – autorização de novo concurso público – novos servidores;
  • 164 vagas para Analista do Seguro Social com formação em Serviço Social – Autorização para realização de novo concurso público ou autorização excepcional de homologação suplementar dos candidatos aprovados no concurso público de 2015;
  • 1.493 vagas para Analista do Seguro Social (Diversas formações) – novo concurso – novos servidores;
  • 2.146 vagas para Perito Médico Previdenciário – novo concurso – novos servidores;

>>ADQUIRA JÁ O CURSO INSS 2018 COMPLETO CLICANDO AQUI<<

CARGOS E REMUNERAÇÕES

TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL, NÍVEL MÉDIO

REQUISITO: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.
REMUNERAÇÃO: R$5.344,87 (já somado auxílio-alimentação de R$458)
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.

ANALISTA DO SEGURO SOCIAL COM FORMAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL, NÍVEL SUPERIOR

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Serviço Social, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e registro no órgão de classe específico.
REMUNERAÇÃO: R$7.954,09 (já somado auxílio-alimentação de R$458)
JORNADA DE TRABALHO: 40h semanais.

ÚLTIMO CONCURSO INSS

O último concurso do INSS deixou a maioria dos concurseiros desanimados, mas lembrem-se que há previsão para novo concurso em 2018! Caso não tenha ido bem, aproveite a oportunidade. Elaboramos um plano de estudo para você se planejar e conseguir aprender tudo que é necessário para ser aprovado.

TABELA  PLANO DE ESTUDO
 

(tabela 01)

tabela01inss

TABELA PLANO DE ESTUDO
 
(tabela 02)

tabela01inss

ATENTE-SE
Esse plano de estudo é básico e é para iniciantes. A primeira linha diz respeito ao tempo de estudo e a primeira coluna é simplesmente uma referência para ser seguida. Dessa forma, o aluno começa a estudar português, depois matemática, administrativo, constitucional e pula imediatamente para a linha abaixo em que estudará informática. Assim, o concursando vai passando todas as fases até chegar a previdenciário da fase 05, depois disso é adaptar a tabela a sua realidade, ou se você gostou da formatação deve seguir a fase 01 novamente e recomeçar o plano de estudo.
1) No início o aluno deve estudar 2 matérias por dia mais o curso preparatório. >>ADQUIRA JÁ O CURSO INSS 2018COMPLETO CLICANDO AQUI<<
Como seria? SEGUNDA: PORT + MAT /  TERÇA: D. ADM + D. CONST… e assim por diante.
Dessa forma, o concursando ficará com 4 horas dias de estudo mais o suporte do curso preparatório.**Caso você coloque como média o mínimo, ou seja, 2 horas diária, terá que dobrar esse tempo de estudo e cortar pela metade o tempo da tabela, ou seja, estudar 1 hora cada matéria. Por outro lado, se você tem muito tempo ocioso, você pode subir o tempo de estudo, ou seja, 3 horas, 4 horas por matéria, mas lembrando sempre que o máximo são 2 matérias por dia.**
2) Tente passar 2 vezes pela tabela somente com conteúdo de matéria, deixe a resolução de exercícios e de provas anteriores para quando você tiver alguma base de estudo. Dessa forma, ao passar 2 vezes pela tabela, você terá uma base mínima, ou seja, 80 horas de estudo em casa mais o suporte do curso preparatório.
3) Após uma ou duas passadas na tabela 01 você já estará apto a efetuar exercícios e elaboração de resumos (ver tabela 02). Lembrando que a tabela é somente para referência e você poderá adaptá-la a sua realidade.

 **As matérias de português e matemática foram privilegiadas nessa primeira tabela, pois ficaram com uma carga horária superior as demais. Isso se deu pois a carência dos concursandos estão ali previstas.**


DICAS PARA UM BOM PLANEJAMENTO DE ESTUDOS
  • Primeiramente, o concurseiro deve ter em mãos materiais atualizados. >>ADQUIRA JÁ O CURSO INSS 2018 COMPLETO CLICANDO AQUI<<
    É importante ficar atento às diversas modificações ocorridas, por exemplo, na matéria de Direito Previdenciário, Direito Constitucional, Direito Administrativo… e escolher um curso preparatório confiável que mantenha sempre as atualizações disponíveis e um material de acordo com o edital. (As aulas do AEP foram gravadas este ano e estão 100% atualizadas com todas as mudanças).
    >>ADQUIRA JÁ O CURSO INSS 2018 COMPLETO CLICANDO AQUI<<
    Como a banca escolhida do último concurso foi a CESPE, é de suma importância que o candidato faça questões da BANCA, sempre focado naquilo que o edital pede. Sem mais, sem menos. Estude a parte teórica, crie resumos, use diversas cores diferentes de canetas (ajuda na memorização), faça revisões, e não esqueça dos simulados! Os simulados fazem você ter uma noção real sobre seu rendimento para estar bem preparado na hora da prova.
  • Sobre o Plano de Estudos:  Plano de estudos é o ponto inicial que você deve ter para começar a preparar-se para algum concurso. Faz com que você não se engane e controle as suas atividades no decorrer dos dias! Para começar, faça as seguintes considerações do seu dia-a-dia:
    1. Calcude quantas horas líquidas você tem por dia para estudar e adapte ao plano de estudo acima;
    2. Divida as disciplinas por dia (aconselho duas matérias por dia + exercícios);
    3. Não coloque só as matérias que você gosta de estudar. É importante tomar esse cuidado. Você deve focar e dar uma atenção especial as matérias que tem mais dificuldade;
    4. Deixe tempo para as revisões
    5. Faça revisões sistemáticas. Aconselho a fazer 24 horas após ler o conteúdo, 7 dias após a leitura do conteúdo, e 30 dias após. Com isso você vai relembrando e guardando na memória assuntos que vão sendo ”esquecidos” ao longo do período de estudos.
    6. Use os sábados para fazer exercícios de tudo que estudou durante a semana;
    7. Use o domingo exclusivamente para os simulados e cronometre o seu tempo para ter uma noção real no dia da prova;
    Dicas importantes:1. Estude aliando conteúdo + exercícios. Treino é treino e coloca você na frente.
    2. Dê atenção ao conteúdo de benefícios previdenciários, pois é bastante cobrado nas provas da CESPE quando tem a matéria Direito Previdenciário;
    3. Leia a lei 8.212/91 e 8.213/91 e o Decreto 3.048/99. São de suma importância para a sua prova. A leitura da lei é confusa, então é necessário apoio de vídeo aula e material de apoio para a melhor compreensão do conteúdo;
    4. Tome cuidado com palavras ”sempre, nunca, não, talvez..” CESPE adora usar termos que restrigem suas frases para confundir a cabeça do aluno;
    5. Vá SEMPRE de acordo com o edital. Nem mais, nem menos. Como vieram vários assuntos de previdenciário que o concurseiro não esperava na última prova, dê atenção as mesmas! Saber menos faz com que você perca questão e saber mais também! Procure sempre manter o foco, manter-se na linha, na beira, sem ir muito de um extremo ao outro. Por isso a importância dos exercícios na sua preparação.”Seja você quem for, seja qual for a posição social que você tenha na vida, a mais alta ou a mais baixa, tenha sempre como meta muita força, muita determinação e sempre faça tudo com muito amor e com muita fé em Deus, que um dia você chega lá. De alguma maneira você chega lá.”

    BONS ESTUDOS!

7 COMENTÁRIOS

  1. Boaaaaa Tarde…

    Galera… Não desacreditem nos concursos…
    INSS 2016 já passou, agoraaaaaaaaaaaaa e estudar para o próximo…

    E adivinha?! Não vai demorar a sair

    Saiaaaa na frente e inicie/continue com seus estudos

    #forçaehonra #rumoaaprovação
    o/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here