Concurso PC AL: secretário confirma data de publicação do edital de delegado; saiba qual

0
140

O edital do novo concurso PC AL (Polícia Civil do Estado do Alagoas) será publicado no dia 30 de abril. A confirmação foi feita na última segunda-feira, 21 de março, pelo próprio secretário estadual de planejamento, gestão e patrimônio, Fabrício Marques Santos, por meio de suas redes sociais. Para o início do certame, o último empecilho é a assinatura do contrato com a banca organizadora, que deverá ser o Cebraspe, conforme já anunciado preliminarmente.

O concurso de delegado contará com uma oferta de 40 vagas imediatas para o cargo. Para concorrer é necessário possuir formação de nível superior em direito, com remuneração inicial de R$ 20.944,97.

Concurso PC AL: saiba como deverão ser as provas

De acordo com informações preliminares, a prova objetiva do concurso PC AL para delegado versará sobre:

  • Direito Penal
  • Direito Processual Penal
  • Direito constitucional
  • Direito administrativo
  • Direito civil
  • Legislação complementar
  • Medicina legal
  • Língua portuguesa
  • Informática

A prova discursiva deve versar sobre direito penal, direito processual penal e direito constitucional. O teste físico incluirá barra, flexão abdominal, flexão de braços e corrida de 12 minutos. Posteriormente, haverá exames laboratoriais e médicos, avaliação psicológica, análise de títulos, investigação social e curso de formação.

Concurso PC AL: saiba como foi a última seleção

Como já anunciado, o último concurso PC AL para o cargo de delegado ocorreu em 2012, quando foram oferecidas 400 vagas, sendo 240 para agentes, 120 para escrivães e 40 para delegados. A organizadora foi o Cebraspe e a seleção contou com provas objetivas e discursivas, provas de aptidão física, avaliação prática de digitação para o cargo de escrivão, avaliação psicológica, análise de títulos para delegado, investigação social e de conduta pessoal e exames médicos. Além disso, os aprovados foram submetidos a uma segunda etapa, composta de curso de formação policial.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here