Concurso PC ES: edital publicado!

1
1955

20 Vagas para Escrivão e 60 para Investigador. Veja mais informações:

Foi publicado na manhã desta sexta-feira, dia 28/12/2018, o Edital para o Concurso da Polícia Civil do Estado do Espírito Santo. Com remuneração acima dos R$ 5.000,00 o concurso exige nível superior. Confira agora todas as informações do certame:

  • ÓRGÃO: Polícia Civil
  • ESTADO: Espírito Santo
  • CARGOS: Investigador e Escrivão
  • STATUS: Aberto
  • VAGAS: 20 para Escrivão e 60 Investigador
  • NÍVEL: Superior
  • REMUNERAÇÃO: R$ 5.103,84
  • BANCA: AOCP
  • DATA DA INSCRIÇÃO: 28/12/2018 até 11/02/2019
  • VALOR DA INSCRIÇÃO: R$ 146.73
  • DATA DA PROVA: 24 de março de 2019
  • NÚMERO DE QUESTÕES: 100
  • PROVA DISSERTATIVA: Não
  • VALIDADE: 2 anos, prorrogável por igual período

Matérias e quantidade de Questões:

Escrivão:

Língua Portuguesa – 15
Estatuto da Polícia Civil do Espírito Santo e alterações – 05
Direito Constitucional – 10
Direito Administrativo – 10
Direito Penal / Legislação Extravagante – 30
Direito Processual Penal / Legislação Extravagante – 30

Investigador:

Língua Portuguesa – 10
Raciocínio Lógico e Matemático – 10
Estatuto da Polícia Civil do Espírito Santo e alterações – 05
Noções de Direito Administrativo – 20
Noções de Direito Constitucional – 15
Noções de Direito Processual Penal – 20
Noções de Direito Penal – 20

 


Notícias Anteriores

Foi anunciado nesta quarta-feira, pelo governador Paulo Hartung, o concurso da PC ES e sua distribuição de vagas. Ao todo, serão 173 vagas ofertadas no próximo certame, sendo:

  • 20 vagas para Escrivão;
  • 50 para Perito Oficial Criminal;
  • 4 vagas para Psicólogo;
  • 15 para Médico Legista;
  • 20 para Auxiliar de Perícia Médico Legal;
  • 60 para Investigador e;
  • 4 para Assistente Social.

No dia 27/12, foi publicado no Diário do Estado do Espírito Santo, a liberação de orçamento para realização do novo concurso PC ES. A nova seleção tem previsão de ser publicado ao longo de 2018.

O concurso PC ES está previsto para sair em breve e prova disso é que o órgão já iniciou o processo licitatório para a definição da banca que será responsável pelo certame. O documento foi publicado no Diário do Estado.

Remunerações

Perito Bioquímico-Toxicologista, Perito Papiloscopista, Perito de Telecomunicações e Médico Legista
Inicial de R$ 3.900,03 podendo chegar a R$ 8.142,64 no topo da carreira.

Escrivão, Assistente Social e Psicológico.
Inicial de R$ 3.900,03 podendo chegar a R$ 8.142,64 no topo da carreira.

Auxiliar de Perícia Médico Legal
Inicial de R$ 2.767,78 podendo chegar a R$5.778,65 no topo da carreira.

Agente de Polícia
Inicial de R$ 2.767,78 podendo chegar a R$5.778,65 no topo da carreira.

>> ANUAL CARREIRA POLICIAL <<

Requisitos básicos para investidura nos cargos

– Ser aprovado em todas as etapas do concurso público.
– Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do artigo 12, §1º, da Constituição Federal.
– Estar em dia com as obrigações eleitorais e militares (candidatos do sexo masculino).
– Possuir carteira de identidade civil.
– Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo, na data da posse.
– Ter idade mínima de dezoito anos completos na data da posse.
– Firmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade ou indisciplina, aplicada por qualquer órgão público e/ou entidade da esfera federal, estadual e/ou municipal.
– Cumprir as determinações deste Edital.
– Ter aptidão física e técnica para o exercício das atribuições do cargo.

>> MEGACOMBO POLICIAL <<

Requisitos para os cargos

Assistente Social – 3ª Categoria: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Serviço Social, devidamente registrado, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação. Comprovação de experiência profissional mínima de dois anos.

Delegado de Polícia – 3ª Categoria: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, devidamente registrado, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

Escrivão de Polícia – 3ª Categoria: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, devidamente registrado, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

Médico Legista – 3ª Categoria: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Medicina devidamente registrado, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

Perito Bioquímico Toxicologista – 3ª Categoria: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Bioquímica, Farmácia ou Fármaco-Química, devidamente registrado, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação. Comprovação de experiência mínima de um ano em laboratório de análise químico-toxicologista.

Perito Criminal – 3ª Categoria: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Biologia, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia, Farmácia, Física, Geologia, Matemática, Mineralogia, Química ou Odontologia, devidamente registrado, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação. Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo na
categoria B.

Perito Criminal Especial – 3ª Categoria: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Biologia, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia, Farmácia, Física, Geologia, Matemática, Mineralogia, Química ou Odontologia, devidamente registrado, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

Perito em Telecomunicações – 3ª Categoria: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia, em Telecomunicações, Engenharia Elétrica ou Engenharia Eletrônica, devidamente registrado, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação. Carteira Nacional de Habilitação, na categoria B, no mínimo.

Psicólogo – 3ª Categoria: Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em Psicologia, devidamente registrado, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação. Comprovação de experiência profissional mínima de dois anos.

>> ANUAL CARREIRA POLICIAL <<

Último concurso PC ES

O último concurso PC ES ocorreu em 2013 e foi executado pela banca Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt – FUNCAB, ofertando 113 vagas totais. Das 113 vagas, três são para o cargo de Delegado de Polícia, 81 para Escrivão, cinco para Perito Criminal, uma para Perito Criminal Especial, uma para Perito Bioquímico Toxicologista, sete para Médico Legista, duas para Perito de Telecomunicação, sete para Assistente Social e seis para Psicólogo.

Etapas do último concurso PC ES
O concurso contou com 3 etapas, dividas da seguinte forma:

1ª ETAPA:

– Exame Intelectual – Prova Objetiva, para todos os cargos, de caráter Eliminatório e Classificatório, executado pela FUNCAB;
– Exame Intelectual – Prova Discursiva, somente para o Cargo de Delegado de Polícia, de caráter Eliminatório e Classificatório, executado pela FUNCAB;

2ª ETAPA:

– Entrega da Ficha de Informações Confidenciais e certidões sócio-criminais, para todos os cargos, de caráter Eliminatório, executado pela FUNCAB;
– Exame Psicopatológico – Exame Médico e Toxicológico, para todos os cargos, de caráter complementar, executado pela FUNCAB;
– Exame Psicopatológico – Exame Psicológico, para todos os cargos, de caráter complementar, executado pela FUNCAB;
– Teste de Aptidão Física, para todos os cargos, de caráter Eliminatório, executado pela FUNCAB;
– Teste de digitação, somente para o cargo de Escrivão de Polícia, de caráter Eliminatório, executado pela FUNCAB;

3ª ETAPA:

– Investigação Social, para todos os cargos, de caráter Eliminatório, executado pela Polícia Civil do Estado do Espírito Santo.
– A Prova Objetiva foi aplicada nas cidades de Cachoeiro de Itapemirim/ES, Colatina/ES, Linhares/ES e Região Metropolitana da Grande Vitória/ES. As demais etapas serão realizadas na Grande Vitória/ES.

Prova Objetiva

A Prova Objetiva teve caráter eliminatório e classificatório e foi constituída de questões de
múltipla escolha. Foi eliminado do Concurso Público o candidato que não obteve, pelo menos, 50% dos pontos da Prova Objetiva e/ou obteve nota 0 (zero) em qualquer uma das disciplinas. O concurso também contou com a prova discursiva – redação.

>> MEGACOMBO POLICIAL <<

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here