Descomplicando a Cespe Unb – Função Sujeito

1
3417

 

Prezados estudantes da Língua Portuguesa! Tem algo mais gostoso do que iniciar a manhã de sábado estudando português? Não, né? Pois bem! Português é uma das matérias mais importantes para os concursos públicos sem contar que integra a parte das ”matérias básicas”, ou seja, está presente em todos os editais. E, para auxiliar, disponibilizamos aqui para você dicas de  Língua Portuguesa para aumentar os seus conhecimentos! Delicie-se! É GRATUITO! Aperta o play!

Estudar português não é uma tarefa fácil, principalmente voltado para concursos. Conheço alunos que tiravam notas excelentes em suas provas no Ensino Médio e quando realizam alguma seleção para preencher uma vaga no serviço público, ou treinam provas anteriores ou realizam simulados, tomam um ferro daqueles! Isso acontece porque as bancas são profissionalizadas e querem aferir do candidato não só  o conhecimento BÁSICO do assunto mas o raciocínio, a capacidade de interpretar e fazer conexões da matéria com diversas outras. Entram nessa análise também o controle emocional, atenção, senso de orientação dentre outros fatores.
As provas de concursos públicos visam selecionar os melhores servidores para ocupar determinados cargos públicos, pois para o órgão contratante é prova suficiente que os aprovados em um teste de alto grau de dificuldade (entre milhares de candidatos) são pessoas disciplinadas, organizadas, determinadas em alcançar seus objetivos e, portanto, capacitadas para exercer todas as funções que o cargo exigir.


Descomplicando a Banca CESPE/UNB

(DPU Administrativo – CESPE – 2016) No trecho “Em todos os casos, a Defensoria Pública fez intervenção judicial para suprir a negativa ou a má prestação do serviço público de saúde na localidade. Em um dos casos, atendeu uma gestante com histórico de abortos decorrentes…”, o sujeito da forma verbal “atendeu”, que está elíptico, refere-se a “serviço público de saúde na localidade”.

Certo ( ) Errado ( )


GABARITO  – E

O sujeito do verbo atendeu, implicitamente, não está escrito aqui. Precisamos ler um pouquinho antes. No início do texto: “Em todos os casos, a Defensoria Pública…”. Mais a frente:“Em um dos casos (a Defensoria Pública) …”. Isso aqui já é uma relação de coerência, de ponte. “Em todos os casos a defensoria pública fez intervenção judicial… Em um dos casos, atendeu”. Quem foi que atendeu? A defensoria pública, que é o sujeito, então essa afirmativa é falsa.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here