Greve Detran AL: Servidores reivindicam novo concurso

0
112
Por tempo indeterminado, os servidores fazem Greve Detran AL após 48 horas com paralisação de advertência

Um dos motivos da Greve Detran AL, por parte dos servidores, é a reivindicação quanto a realização de um concurso público, em caráter de urgência, para 140 novas contratações, no mínimo. Atualmente, os salários são de R$ 1.180,00 (nível fundamental),  R$ 3.024,82 (nível médio) e R$ 5.041,37 (superior). A paralisação iniciou no dia 30 de novembro e teve duração de 48 horas, porém, ao perceber que não houve sinalização de acordo por parte do governo, decretou-se hoje (04/12), greve por tempo indeterminada. O Detran AL não tem concurso desde 2001.

CARGOS E SALÁRIOS
O Detran AL conta com cargos de todos os níveis, sendo divididos em grupos de classes salariais, conforme período de trabalho do servidor.

Os cargos de nível fundamental iniciam com remuneração de R$ 1.180,00 e podem chegar até 2.550,40. Os de nível médio começam com R$ 3.024,82 e encerram em R$ 6.537,71. E os cargos de nível superior tem base salarial de R$ 5.041,37 e vão até R$ 10.896,19.

CONFIRA OS SALÁRIOS ATUAIS DE CADA CARGO

Para os interessados em prestar esse concurso, aconselhamos o inicio imediato dos estudos. O AEP possui diversos cursos para Detran e outros concurso das áreas administrativas.

 

 

SOBRE A GREVE

Os grevistas decidiram emendar a greve, após as 48 horas de paralisação de advertência por não terem respostas do governo. “Não houve abertura do processo de negociação, então a categoria se reuniu em assembleia e ratificou o que já havia aprovado anteriormente, que é a greve por tempo indeterminado”, explicou o presidente do sindicato, Roberto Martins. Uma nova assembleia está marcada para a segunda, aguardando um retorno do gestor do Detran, Antônio Carlos Gouveia, para que sejam definidos os 30% de atendimento mínimo essencial.

Segundo o sindicalista, dos 340 servidores efetivos do órgão, 50 estão afastados devido a doenças ocupacionais e pelo menos 70 devem se aposentar a partir de março do próximo ano.

“Em comparação a 2001, quando foi realizado o concurso para o órgão, a frota de veículos hoje em Alagoas é duas vezes maior, o número de CNHs triplicou, mais que duplicou a oferta de serviços do Detran e o número de servidores reduziu. Há demandas que simplesmente não conseguimos atender”, exemplificou Roberto Martins. Ele afirmou que a carência de pessoal está prejudicando os serviços prestados e, por conta da demora, os alagoanos estão indo para os estados vizinhos para tirar CNH.

Além da criação de um novo concurso, os grevistas também reivindicam a volta da autonomia administrativa e financeira do DETRAN AL e a revisão do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS).

Sobre as reivindicações salariais da Greve Detran AL, a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) informou que tem procurado resolver todos os pleitos do Sindicato dos Servidores do Detran, respeitando as possibilidades financeiras do Estado, e que a Mesa de Negociação continua sendo o canal de diálogo com os servidores públicos estaduais.

O Detran AL publicou uma nota a respeito da greve:

A presidência do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL), esclarece que as reivindicações que deliberaram a paralisação, estão relacionadas a política salarial o que é de competência da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag). 

“O Governo de Alagoas junto com a direção do Detran/AL estarão sempre em busca de uma solução para as exigências da categoria e esse diálogo inclui, como ponto principal, a transparência por parte do governo, expondo, sem entraves, as contas do Estado para que as negociações sejam feitas a partir da realidade financeira de Alagoas”.

Atendimento

A presidência do Detran/AL ressalta que os usuários que possuem agendamentos de serviços e que por ventura da paralisação (nos dias 30 e 01 ) não sejam realizados, não será necessário pagar uma nova taxa do serviço e o atendimento será feito posteriormente, em caráter de urgência.   

ÚLTIMO CONCURSO
O Detran AL não realiza concursos há 16 anos, desde seu último que ocorreu em 2001.

RESUMO CONCURSO

1. ÓRGÃO: Departamento Estadual de Trânsito
2. ESTADO: Alagoas
3. CARGO: Analista de Trânsito
4. STATUS: Previsto
5. VAGAS: A divulgar (140 solicitadas)
6. NÍVEL: Médio
7. REMUNERAÇÃO: R$ 3.024,82
8. BANCA: A definir

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!

Please enter your name here