Suspensão dos concursos não abrange a carreira de polícia federal

0
2411
Suspensão dos concursos não abrange a carreira de polícia federal
Suspensão dos concursos não abrange a carreira de polícia federal
 Concursos da carreira de polícia federal não são afetados pela suspensão dos concursos. A decisão do governo de suspender os concursos públicos no Poder Executivo, divulgada no último dia 8, não afeta as demandas de realização dos concursos nas carreiras policiais.

A Polícia Federal tem autonomia para abrir os certames com base nos decretos 6.944/2009 e 8.326/2014.
Leia mais

Lei 13.291/2016 garante a realização de alguns concursos de nível federal, derrubando uma uma alteração na LDO de 2016 sobre suspensão dos concursos.

A demanda da solicitação de um novo concurso tinha sido devolvida para reavaliação mas foi  reaberto no último dia 8 e já houve tramite em setores da Secretaria de Gestão de Pessoas e Relações do Trabalho no Serviço Público (SEGRT), chegando à Coordenação-Geral de Carreiras, Concursos e Desenvolvimento de Pessoas IV, da mesma secretaria no último dia 9, faltando, para ser aprovada, do aval de diferentes áreas incluindo da Consultoria Jurídica, Secretaria Executiva e Gabinete do Ministro.
A intenção é abranger diversos cargos. Dentre eles:
– Delegado
– Perito
– Escrivão
– Agente

>>Estude com quem mais aprova! Comece a se preparar para o concurso da Polícia Federal!

 


Recapitulando… 

INSS: NOVO CONCURSO EM PAUTA:
Se você achou que o INSS não ia mais solicitar a abertura de um novo concurso está muito enganado! A autarquia solicitou 7.351 vagas para a abertura de um novo certame distribuídas da seguinte forma:
– 3.627 para o cargo de técnico
– 2.194 para analista
– 1.530 para perito médico
O pedido já está sob análise no Ministério do Planejamento. Apesar da ‘’crise’’, há uma carência muito grande de servidores e a expectativa é de uma resposta positiva da parte do governo para a autorização de um novo concurso.

MTE: Pedido de autorização de novo concurso para auditor já está em análise!
Um novo pedido para realização de certame visando preencher os cargos para auditor do trabalho já está em análise no Ministério do Planejamento, na coordenação da Secretaria de Gestão de Pessoas e Relações do Trabalho no Serviço Público (SEGRT), um dos estágios iniciais do procedimento de autorização.
O pedido solicitou abertura visando preencher 847 vagas (sendo necessário nível superior, com remuneração inicial de 18.754,20).
A urgência para a autorização é grande visto que o MTE tem um déficit de 5 mil auditores.

RECEITA FEDERAL:
Meirelles, ministro da Fazenda, encaminhou pedido solicitando 2.495 vagas para os cargos de nível médio e superior abrangendo diversos órgãos com prioridade voltada para a Receita Federal. A solicitação foi feita para suprir o déficit de funcionários para que o Ministério da Fazenda e demais órgãos possam exercer suas atividades com maior prontidão.  Leia mais

Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal
O pedido já está em trâmite no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. O pedido gira em torno de 2.058 vagas com salários que giram em torno de 17 mil reais. A defasagem no quadro de servidores é um dos motivos para a realização de ambos os certames. Os interessados devem ter nível superior e carteira de habilitação B ou superior. A previsão é de que os concursos sejam no mínimo autorizados este ano.

 bt

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here