Concurso PF terá inscrições reabertas para pessoas com deficiência; entenda

0
323

Destinado a preencher 1.500 vagas, o concurso PF (Polícia Federal) terá as inscrições reabertas por três dias para que pessoas com deficiência (PcDs) possam se cadastrar com a apresentação de laudo médico simples, subscrito por um único médico. A decisão foi tomada ontem pela corporação após acordo com o MPF (Ministério Público Federal).

Durante a audiência de conciliação, a União se comprometeu a publicar a retificação do edital até segunda-feira (29). A versão original do documento previa que PcDs deveriam entregar, já na fase de inscrições, parecer emitido por equipe multiprofissional e interdisciplinar formada por três profissionais da área de saúde.

No entendimento do MPF, tal requisito criava barreiras ilegais para PcDs, uma vez que o Estatuto da Pessoa com Deficiência não demanda nenhuma prova antecipada de candidatos. A partir de agora, com o acordo judicial, a apresentação do laudo deverá ocorrer antes da perícia médica, uma das várias etapas do processo seletivo, e não mais durante o período para registro de candidaturas.

Inicialmente, as inscrições ficaram abertas de 22 de janeiro a 11 de fevereiro. As provas da primeira fase, que ocorreriam em 21 de março, foram adiadas para 23 de maio em função da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Concurso PF: ofertas do edital

Estão em disputa chances para agente (893 postos e salário de R$ 12.522,50), escrivão (400 – R$ 12.522,50), delegado (123 – R$ 23.692,74) e papiloscopista (84 – R$ 12.522,50).

Há também a expectativa de convocação de 500 excedentes no início de 2022, totalizando 2.000 nomeações, conforme revelou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Para o cargo delegado, os concorrentes devem possuir graduação em direito e experiência mínima de três anos em atividade jurídica ou policial. Já as demais funções cobram curso superior em qualquer área.

Por fim, também é exigido que todos os participantes tenham CNH (Carteira Nacional de Habilitação) categoria “B” ou acima.

As quatro carreiras têm jornada semanal de 40 horas. De acordo com o edital, os contratados atuarão, preferencialmente, no Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, além de unidades de fronteira.

Do total de postos, a seleção reserva 20% a candidatos que se autodeclararem negros e 5% a pessoas com deficiência. Confira a distribuição no quadro abaixo:

Quadro de vagas do concurso PF

Como se inscrever

As inscrições para o concurso PF são recebidas somente pela internet, mediante a realização de cadastro pelo site https://www.cebraspe.org.br. As taxas de participação custam:

  • R$ 180 (agente, escrivão e papiloscopista);
  • R$ 250 (delegado).

O processo seletivo é organizado pelo Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos). Em caso de dúvidas, os candidatos podem obter mais informações com a banca por meio do telefone (61) 3448-0100.


Você que sonha em ser Policial Federal não pode perder essa super oportunidade.

Clique na imagem e conheça nosso curso para turbinar sua preparação!


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here